Criando SPOT VMs no Azure

Buenass!!

A Microsoft finalmente lançou as SPOT VMs, que já tínhamos em outras clouds como a AWS e GCP. Estas máquinas virtuais proporcionam acesso aos recursos computacionais não utilizados no Azure e também grandes descontos. No entanto, não é possível reserva-las e a qualquer momento o Azure pode interrompe-las para utilizar seus recursos.
As VMs SPOT são ideais para:

  • Workloads que podem suportar interrupções
  • Desenvolvimento e Reste
  • Aplicações que não guardam estado
  • Tarefas com tempo de vida curto
  • Trabalhos em lote
    images

Segue um passo a passo de como criar uma SPOT VM:

  1. Vamos no processo normal de criar uma nova Máquina Virtual, logo na primeira etapa, visualizamos que agora é possível marcar a opção “Instância de Azure Spot“. No exemplo, selecionamos a opção e escolhemos por qual motivo essas máquinas virtuais poderão ser interrompidas pelo Azure, seja por capacidade ou  preço/capacidade. No momento elas só podem ser desalocadas, ficando para a empresa/usuário o custo de armazenamento, porem, no futuro será possível deleta-las também.

    2020-01-19_14-58-32

  2. Com a VM de SPOT criada, ela irá aparecer normal como qualquer uma, porem na guia de “Visão Geral”,  podemos perceber se ela é uma SPOT e por qual motivo selecionamos que elas podem ser interrompidas, neste caso “capacidade”.

2020-01-19_15-05-06
e eras isso…
Abraço Pessoal!!

Eduardo Kieling

Autor: Eduardo Kieling

Mestre em Computação Aplicada e Bacharel no curso de Ciência da Computação, Eduardo Kieling é especialista em infraestrutura de TI com ênfase em Cloud Computing, possuindo grande experiência no mercado e atuando em diversas empresas. Hoje é líder de time de Microsoft Azure e Arquiteto de Soluções em Nuvem Sênior, responsável pelo desenho de soluções, implementação e administração de diversas tecnologias. Tem como prática palestras e artigos técnicos, para a comunidade técnica.